Descobrindo a Itália

Pesquisar
Catacumbas de Nápoles

Catacumbas de Nápoles: um passeio imperdível

As Catacumbas de Nápoles, ou melhor, as chamadas Catacumbas de San Gennaro, não estão entre as principais atrações turísticas da cidade, mas sem dúvida alguma elas merecem uma visita, sobretudo por causa do valor histórico e cultural que elas têm.

Antes de mais nada, Nápoles sempre teve uma relação muito peculiar com a morte e quando a gente visita a cidade logo dá para notar isso. Por exemplo, basta observar alguns detalhes nas igrejas e até mesmo nas ruas, como os pequenos altares com um crânio no centro.

Então, ao conhecermos as catacumbas, podemos aprender um pouco mais sobre esse assunto que, pelo menos em mim, provoca muita curiosidade.

A visita às Catacumbas de Nápoles

Todas as visitas são guiadas (em italiano ou em inglês). Isso fez toda a diferença, pois assim conhecemos muitos detalhes e curiosidades sobre as catacumbas.

Catacumbas de São Januário em Nápoles
O guia Antonio explicando os afrescos em uma das tumbas.

As catacumbas são extremamente amplas, praticamente uma cidade subterrânea escavada na colina de Capodimonte.

De fato, elas são as maiores catacumbas do sul da Itália e isso se deve ao motivo de terem sido escavadas no tufo, um tipo de pedra vulcânica muito resistente, mas fácil de ser manuseada.

Além disso, as catacumbas de San Gennaro são também aquelas de maior valor artístico devido aos afrescos e mosaicos encontrados em algumas tumbas.

Catacumbas de Napoles
Como uma cidade subterrânea

O antigo cemitério se desenvolveu ao redor das sepulturas de uma rica família romana por volta do século II e foi crescendo ao longo dos séculos. Este crescimento aconteceu sobretudo depois que transferiram para lá o corpo de São Gennaro, o padroeiro da cidade.

Todas as pessoas queriam ser sepultadas perto da tumba do santo e esse fator contribuiu para que as catacumbas se tornassem tão grandes.

As tumbas

Atualmente há cerca de 3000 tumbas nas catacumbas de San Gennaro, mas é um número que tende a aumentar, já que ainda há muita coisa a ser escavada.

Tumba de San Gennaro (São Januário) nas Catacumbas de Nápoles
A famosa tumba de San Gennaro, perto da qual todo mundo queria ser enterrado. É a única tumba inacessível ao público (a foto está com zoom, pois ela fica em um buraco), pois ficava no subsolo, coberta por um piso sobre o qual ficava um altar. Hoje em dia as relíquias de San Gennaro se encontram na Catedral de Nápoles.

Há vários tipos de tumbas nas catacumbas. De fato, podiam ser sepultadas tanto pessoas comuns, quanto os ricos e o clero. Os pobres eram enterrados no chão, em verdadeira fossas comuns cobertas com uma tampa de mármore.

Além disso, nas paredes há nichos retangulares onde se colocavam as pessoas pertencentes à classe média.

Há também outras em forma de arco, geralmente decoradas com mosaicos ou afrescos. Nelas eram sepultados os mais ricos, já que os pobres não tinham condição de pagar um artista para embelezar as tumbas.

Tumbas nas Catacumbas de Napoles
Os nichos nas paredes das catacumbas

Ao longo dos séculos, por razões de higiene, transferiram os corpos para os cemitérios da cidade e por isso hoje todas as tumbas estão vazias.

Este é um dos afrescos melhor conservados. Ele retrata uma família de época bizantina que estava enterrada ali. As camadas de pintura permitiram identificar a ordem de morte de cada um dos componentes. A primeira pessoa a morrer teria sido a filha pequena, depois o pai e por último a mãe, pois está vestida de luto.

Os afrescos nas tumbas serviram também para identificar a classe social das pessoas, a idade, as profissões. Os guias explicam a maior parte deles, fazendo com que a gente possa entender quem repousava naqueles lugares.

 

Vale muito a pena visitar as Catacumbas de Nápoles

As Catacumbas de Nápoles são um lugar de imensa importância histórica, mas também de muita paz, respeito e serenidade. Elas pertecem ao Vaticano, mas quem as administra é uma cooperativa local chamada Paranza.

Os guias são jovens do bairro popular onde se localizam as catacumbas. Eles sabem muito sobre o lugar, além de serem um exemplo de como é possível tirar muitos jovens das ruas e dar a eles uma oportunidade de trabalho e de crescimento.

Dicas para visitar as catacumbas de Nápoles

  • Tanto no inverno quanto no verão, a temperatura nas catacumbas variam entre 15 e 22ºC. Por isso, é bom levar um agasalho adequado e usar sapatos confortáveis para enfrentar a inteira visita tranquilamente.
  • O bilhete das Catacumbas de San Gennaro serve também para entrar nas catacumbas de San Gaudioso. Veja mais informações sobre a visita e disponibilidade de ingressos.

Como chegar às Catacumbas

As Catacumbas de San Gennaro ficam na Via Tondo di Capodimonte, nº 13. É possível chegar lá de ônibus (linhas 168, 1781 C63 e R4), descendo na parada 3250 – Basilica Incoronata – Catacombe San Gennaro.

Horários de funcionamento das catacumbas:

De segunda a sábado, das 10 às 17h
Domingos, das 10 às 13h

As visitas guiadas partem de hora em hora.

Gostou? Então compartilha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Organize sua viagem

Passeios na Itália

Tours privativos e em português para você curtir ainda mais as maravilhas da Itália

Transfers

Desloque-se com todo o conforto de um serviço de translado com motorista particular

Hotéis

Procure os melhores hotéis de acordo com as suas exigências e necessidades!

Aluguel de carros

Não quer ficar subindo e descendo de trem? Alugue um carro para viajar pela Itália!

Seguro Viagem

Não tenha dores de cabeça e escolha um seguro viagem que caiba no seu bolso

Cartão Internacional

Peça seu cartão da Wise para economizar nas suas viagens internacionais

VEJA TAMBÉM
OUTRAS DICAS